quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

JORNADA CIENTÍFICA MOSTRA INOVAÇÃO

Dois docentes da UMa são os responsáveis pela plataforma VirtuaLabs


A primeira Jornada Científica, que decorreu na Escola de 2.º e 3.º Ciclos de Campanário, revelou uma novidade: a VirtuaLabs. Este programa concebido por Roberto Mendonça e Sílvia Carreira, docentes na UMa, não é mais do que uma plataforma virtual a pensar nos alunos de Biologia que queiram realizar "protocolos experimentais" sem estarem fisicamente no estabelecimento de ensino. "Podem fazê-lo em casa ou nas aulas", afirma a docente e responsável pela iniciativa inédita na Região.
Esta inovação permite que os docentes possam ter "mais uma ferramenta disponível de trabalho que promove a aprendizagem laborativa dos alunos porque podem experimentar uma série de vezes sem que, na prática, se gaste dinheiro, agentes ou materiais", reafirmou.
No final de cada proposta do discente, o VirtualLabs tem ainda a vantagem de indicar ao docente responsável pela disciplina em causa um registo de informação associado a cada intervenção.
Um aspecto, segundo Sílvia Carreira, "extremamente importante" que permite, sobretudo, "a avaliação dos discentes logo após a conclusão do projecto", salientou, destacando que o programa emite o "tempo e o número de vezes" que o aluno levou a completar determinada tarefa.
Por seu turno, Catarina Alves, promotora do evento, destacou a pertinência da iniciativa, sublinhando que os oradores convidados vincaram aquilo que de "melhor se faz na Madeira ao nível da Ciência", em especial, na Estação de Biologia Marinha e no Museu da Baleia no Caniçal, "além, naturalmente, deste projecto inovador criado por dois docentes na Universidade da Madeira", frisou.

Fonte: Diário de Notícias

1 comentário:

Pedro Alves disse...

Junta-te ao movimento que vai mudar o mundo. Chega de fome, chega de violência e chega de escravidão social. Informa-te e Junta-te ao movimento em http://zmportugal.blogspot.com/p/media.html